07 julho 2016

Onze jovens RSV fizeram sua profissão perpétua

Originários da Costa de Marfim (6) do Burkina Faso (3), do Benim (2)

678

Domingo, 3 de julho, no dia seguinte à ordenação, a alegria atingiu seu cume pela profissão perpétua de 11 dos nossos jovens Irmãos RSV da Vice-província da África do Oeste.

A assembleia lotou a igreja paroquial de St-Martin de Bouaké e mesmo fora. A liturgia foi preparada com cuidado e isto permitiu vivermos uma celebração excepcional, tanto pelos ritos, lindos e significativos, bem como pela Palavra de Deus do dia, onde tivemos o chamado de Jesus feito a seus discípulos de irem para a missão como cordeiros no meio dos lobos.

O Padre Bertin Sanon, nosso Superior geral, presidiu esta celebração. Em sua linda homilia, ele proferiu palavras muito fortes, que tocaram o coração dos nossos Irmãos e de todos os fiéis. O Padre Bertin foi acompanhado pelo Superior provincial, o Padre Geoffroy Traoré, do Padre Philippe Mura e do Padre Joseph Sawadogo, formadores dos nossos professos.

Cada um dos onze respondeu com fé e disponibilidade ao chamado do Senhor para se doar, para toda a vida, como RSV. Em memória do papai do Irmão João-Louis, falecido tragicamente há alguns dias, o Padre Bertin batizou o grupo: de “Promoção Dieudonné Singanin”.

A festa prosseguiu durante toda parte da tarde. Os paroquianos e os jovens do patrô tinham organizado tudo muito bem e ofereceram uma boa refeição de festa. A música e os cantos uniram os corações à alegria dos consagrados.

Que Deus abençoe a cada um dos nossos Irmãos: Étienne KONÉ, Stéphane ZONATCHIA, Louis N’ DJOR, Euloge DABIRE, Raphaël KOFFI, Yves ADJABOU, Félix DESSA, Marcel BAKI, Samson KARIDIOULA, Jean-Louis SINGANIN, Herman COMPAORÉ.

Eles sabem que são chamados como RSV, onde o Senhor os enviará: no Burkina Faso e na Costa de Marfim, mas também na França, no Canadá, no Brasil, no Congo…    Que o Senhor complete neles que Ele começou !

“Rezemos ao Mestre da messe de enviar trabalhadores para a sua messe.”

9

101112

VIVAM SUA CONSAGRAÇÃO PLENAMENTE DOADOS A DEUS

De modo que este mundo não seja privado de um raio da beleza divina
que ilumina o caminho da existência humana.

Hoje, o Senhor escolheu 11 como tinha escolhido os 72 do Evangelho, que escutamos. Porque estes 11? Só Ele sabe. É uma escolha gratuita, uma decisão soberana, uma eleição gratuita. […]

Caros Irmãozinhos e filhos, se é verdade que o acaso não existe, e tentando ler os sinais dos tempos, dois sinais marcaram, de maneira extraordinária, nossa celebração deste dia:

O primeiro sinal é o falecimento do nosso “papá” Dieudonné SINGALIN.

Como João Batista, ele mostrou o caminho, convidando, organizando o casamento de Jesus e com sua Igreja, mas deixando prosseguir o caminho aqueles que Deus nos deu – como o seu nome indica.  “O Senhor deu, o Senhor retomou, que o seu Santo Nome seja bendito”. Também meus filhinhos, batizei a sua turma de “Papá Dieudonné SINGALIN”.  Vocês imitarão o seu amor por sua família, seu ardor no trabalho, sua dedicação e o seu compromisso como cristão. Vocês terão também uma compaixão particular para com a sua família que lhes confiou. […]

Meus irmãozinhos e filhos, a sua fidelidade dependerá da radicalidade da sua consagração e da doação total. Em outros termos, não com um pé dentro e outro fora… Como dizia alguém: um pé dentro e um pé fora, é fora!!! Vocês são religiosos, homens consagrados inteiramente a Jesus e só a Jesus.  Que Ele seja sua única alegria, sua única razão de servir. […]

Como dizia o apóstolo Paulo, “a nossa vida deve ser Cristo” sempre e por toda a parte. Por isso, aceitem de depender, inteiramente, de Cristo. Somos também frágeis. Ele nos preveniu: “Envio-os como cordeiros no meio dos lobos”. Que pode fazer um cordeiro contra um lobo? Nada. Mas Jesus é único capaz de afrontar um tal desafio, mas sob a condição de n’Ele confiarmos inteiramente. Não é verdade que a sua força se manifesta na fraqueza? […]

No Evangelho de hoje o Senhor nos confia uma missão: “Rezem ao Mestre da messe para enviar trabalhadores para a sua messe.” […]

Vivam plenamente sua oferenda a Deus, de modo que este mundo não seja privado de um raio da beleza divina, que ilumina o caminho da existência humana.

Padre Bertin Sanon, Superior geral

13

Com o Pe. Philippe Mura, Mestre dos junioristas

14

Almoço de festa !

15

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest