03 março 2017

Na Casa geral para os 172 anos dos RSV

Visita do novo presidente da SSVP

67

Extrato de uma carta de Le Prevost a Ozanam em
11 de abril de 1838

O meu querido amigo e irmão,
[…]
Vamos bem por aqui, esperamos o Sr. Bispo de Paris para nossa próxima reunião geral;
esteja pelo pensamento no meio de nós.
            Recomendo-me às suas excelentes orações
e sou com uma terna afeição
                        Seu devotado confrade
                   Le Prevost

O Sr. Renato Lima Oliveira, Presidente internacional da Sociedade São Vicente de Paulo, nos deu a honra da sua visita para festejar a nossa fundação. Foi com convicção e reconhecimento da história que nos uniu desde 1833, e nos anos que se seguiram, até os de nossa fundação, que o Sr. Renato quis partilhar com o Padre Bertin Sanon e os RSV da Casa geral. Ele veio em companhia do seu assistente, o Sr. Sebastian Gramajo e um Irmão historiador da SSVP da Itália

O Sr. Renato Lima, 45 anos, é originário de Brasília. Casado, pai de dois filhos, jornalista de profissão, e formado também em Ciências Políticas. Foi funcionário da Agência Nacional de Telecomunicações. Fora destas atividades, escreveu diversas obras, entre as quais “As Crônicas Vicentinas”.

A Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) está presente em 150 países com os seus 800.000 membros. As Conferências trabalham nos 5 continentes e ajudam a 30 milhões pessoas por dia.

·         América: 23.377 conferências em 34 países

·         Ásia: 7.463 conferências em 24 países

·         Europa: 7.334 conferências em 30 países

·         África: 5.104 conferências em 43 países

·         Oceânia: 1.359 conferências em 9 países

O Brasil conta 17.166 Conferências e 250.000 membros.

Frederico Ozanam fundou a Conferência de Caridade no dia 23 de abril de 1833. Alguns meses depois, em novembro do mesmo ano, Jean-Léon Le Prevost se juntou ao grupo da Conferência. Sob o seu impulso, a Conferência passou a ser chamda de Conferência de São Vicente de Paulo a partir do dia 4 de fevereiro de 1834. Pela primeira vez nas atas da SSVP, no dia 8 de dezembro de 1835, se fala “da Sociedade de São Vicente de Paulo, cujo Emmanuel Bailly é Presidente e o Sr. Le Prevost, Vice-Presidente” (até 1839).

Uma página de história caritativa que uniu Ozanam e Le Prevost…

No decorrer de suas visitas caritativas, o Sr. Le Prevost tinha tido ocasião de descobrir, perto do Panthéon, na rua des Grès, uma casa de correção para jovens. Concebeu o projeto de apoiar e catequizar esses jovens detentos. Graças à intervenção de seu amigo advogado Levassor, o Sr. Le Prevost conseguiu a licença no dia 8 de julho de 1834. Com Ozanam, e outros confrades, o Sr. Le Prevost começou a obra em agosto de 1834. As visitas continuaram até em 1836. “.

Comentário nº. 57 das Cartas de JLLP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest